Sala de Imprensa

Gêmeos de Goiás se preparam para vestibular do mesmo curso no ITA

05/10/2016 14:10

Os irmãos gêmeos Guilherme e Gabriel Henrique Alves Rezende, de 17 anos, se preparam para prestar, juntos, o vestibular para o curso de Engenharia Aeronáutica no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Moradores de Goiânia, eles têm uma rotina de estudos de quase 10 horas diárias e dizem que, apesar de estarem em uma disputa, são parceiros e motivados por uma “concorrência saudável”.

“Não existe competição, mas sim uma parceria. O fato de estarmos em uma disputa nos une. Por exemplo, às vezes quando o Guilherme descobre alguma coisa nova, isso me estimula a alcançá-lo e vice-versa. Temos que estar no mesmo patamar e isso faz com que a gente esteja sempre crescendo, um tentando alcançar o outro”, afirmou Gabriel Henrique.
Os dois cursam o 3º ano do ensino médio em um colégio particular em Goiânia. Guilherme e Gabriel Henrique já têm média suficiente para concluir o ensino médio e agora estão focados na preparação para o vestibular do ITA deste ano, que acontece em dezembro.
Apesar do foco, eles também vão participar das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e do Instituto Militar de Engenharia (IME). Os gêmeos ainda não sabem qual curso escolherão nestes exames, mas pretendem disputar vagas na mesma graduação.
“Talvez faremos medicina, que é o que todos pedem para gente fazer. Mas o que nós queremos mesmo é o ITA, gostamos de contas e do formato do ensino no instituto. Mas isso não impede a gente de tentar outras formas e fazer as provas que, inclusive, nos ajudam a preparar melhor para a prova que nós queremos”, afirmou Guilherme.

Rotina

Os irmãos saem cedo de casa e chegam a escola às 7h para participar de estudos individuais ou com colegas. Dois dias da semana são reservados para tirar dúvidas com os professores e aprofundar em algum assunto escolhido por eles. Durante a tarde, os adolescentes têm aula regular em uma sala só para quem pretende fazer o vestibular do ITA.
“É bastante legal estar reunido com pessoas que querem fazer a mesma coisa que a gente. E o coleguismo dentro de sala de aula é igual o nosso mesmo. Eu gosto muito de ensinar, quando domino bem algum assunto ou questão. Ensinando eu acabo reforçando o conteúdo e aprendendo mais”, disse Gabriel Henrique. Guilherme e Gabriel Henrique têm outros dois irmãos mais velhos. Uma irmã, que quer ser médica, e um irmão que já é engenheiro civil. Apesar de terem escolhido Engenharia Aeronáutica, os gêmeos afirmam que não são apaixonados por avião.
“Eu nunca fui dedicado a estudar avião igual vários amigos nossos são, que gostam muito mesmo. Eu quero entrar no ITA para me descobrir também, porque lá tem várias possibilidades, desde administração de finanças até engenharia mecânica, por exemplo. Por isso a gente está concentrando bastante para passar, porque é um universo bem amplo e a gente vai se submeter a muita experiência legal”, disse Gabriel Henrique.

Nervosismo

Embora sejam considerados pelos professores alunos acima da média, os irmãos dizem que ficam tensos ao fazerem provas. No ano passado, eles fizeram o vestibular do ITA na modalidade “treineiro”. Agora, apesar de terem bagagem de conteúdo maior por já estarem no fim do 3º ano, consideram a prova um grande desafio.
“Nós fizemos a prova do ITA em outra condição, tínhamos menos experiência e menos conteúdo. Agora, mesmo mais treinados, o nervosismo existe. Eu acho que é um momento bem nervoso, mas que com concentração a gente consegue cumprir”, disse Gabriel Henrique.
Guilherme dá dicas para quem pretende reforçar os estudos, seja para o ITA, IME ou o Enem. Ele diz que sempre busca fazer questões inéditas e melhora seu aprendizado ensinando aos colegas os assuntos que mais domina.
“Nos simulados e nos estudos individuais, a gente pega questões novas, que são mais difíceis. Isso contribui para que a gente aumente o nível de dificuldade. Outro coisa é estudar junto, passar para o colega aquilo que a gente sabe, isso reforça o conhecimento na cabeça da gente e nos deixa mais seguros para fazer a prova”, considerou Guilherme.

Fonte: http://g1.globo.com/goias/noticia/2016/10/gemeos-de-goias-se-preparam-para-vestibular-do-mesmo-curso-no-ita.html